À margem dos sertões

Como eu dizia, a BRAVO! deste mês também traz uma matéria minha sobre Euclides da Cunha, a propósito do relançamento da sua obra completa (Nova Aguilar, 2 vols., R$ 450). Nos volumes, pode-se ler poesia, relato de viagem, ensaio e correspondência — coisas que vão muito além de Os Sertões, mas que, no fim, sempre acabam convergindo para a obra-prima do escritor.

Para ler o texto, clique aqui.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.