Livros reais, filmes imaginários – 2

http://vimeo.com/moogaloop.swf?clip_id=18757479&server=vimeo.com&show_title=0&show_byline=0&show_portrait=0&color=00adef&fullscreen=1&autoplay=0&loop=0xhttp://vimeo.com/moogaloop.swf?clip_id=17724238&server=vimeo.com&show_title=0&show_byline=0&show_portrait=0&color=00adef&fullscreen=1&autoplay=0&loop=0
http://vimeo.com/moogaloop.swf?clip_id=25359284&server=vimeo.com&show_title=0&show_byline=0&show_portrait=0&color=00adef&fullscreen=1&autoplay=0&loop=0xhttp://vimeo.com/moogaloop.swf?clip_id=19052198&server=vimeo.com&show_title=0&show_byline=0&show_portrait=0&color=00adef&fullscreen=1&autoplay=0&loop=0

Como prometido, mais alguns exemplos de aberturas de filmes fictícios. Desta vez, só livros meio doidões: O Aleph, de Jorge Luis Borges; A Vida de Pi, de Yann Martel; Crônicas Marcianas, de Ray Bradbury; e As Portas da Percepção, de Aldous Huxley. Mais, aqui.

7 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.