Bill Gates resume a Bíblia

Existe um recurso no Microsoft Word 2008 bastante curioso e pouco conhecido — o auto summarize, que faz resumos dos documentos em vários tamanhos, à escolha do usuário. Uns mais espertos já usaram a ferramenta para espremer obras clássicas em até 10 sentenças — foi o que fez, por exemplo, o artista americano Jason Huff, que compilou uma verdadeira antologia de resumos cibernéticos (para baixar um pdf, clique aqui).

Desconheço a lógica do software (aparentemente, ele busca padrões e termos muito recorrentes), mas o resultado quase sempre é fascinante. Daí eu ter resolvido fazer um teste com nossos clássicos — um Machado de Assis e um Guimarães Rosa, que reproduzo abaixo. Mas abro com o meu preferido, a Bíblia, quase um microtratado da comédia humana.

Publicado em 06/10/2010

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.