Outro código Melville

emojis

Falei aqui, no post O código Melville, das esquisitices cometidas com o livro Moby Dick — que, como certas pessoas, parece mesmo atrair. Semana passada, um cara chamado Fred Benenson, pesquisador do centro de divulgação de arte e tecnologia Eyebeam, conseguiu arrecadar no site Kickstarter US$ 3,676 para o projeto Emoji Dick, que consite em traduzir o livro de Melville para emoji, uma linguagem japonesa baseada em emoticons, muita usada em iPhones. Veja abaixo como o ficaria o célebre início do romance.

emoji_sample

Agora, cada uma das 6,438 frases de Moby Dick será traduzida três vezes no serviço de mão-de-obra por demanda Amazon Mechanical Turk, chegando-se, posteriormente, a uma versão final. Os financiadores do projeto receberão cópias de acordo com o valor doado, que variava de US$ 5 (o que garante um PDF do livro) e US$ 200 (uma edição impressa limitada, numerada e assinada).

Em entrevista ao Book Bench da New Yorker, Benenson diz que sua intenção de confrontar uma grande obra da literatura com a tecnologia digital — algo como passar Moby Dick pelo Twitter ou SMS goela abaixo. Disse ainda que escolheu o livro porque precisava de uma obra em domínio público, cujo texto pudesse ser obtido sem formatação e extenso o suficiente para poder usar o Mechanical Turk.

Como eu disse: é um livro que atrai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.