Calvin: origens

No início dos anos 80, quando começou a rabiscar uma tira sobre “um menino e seu tigre imaginário de pelúcia” , Bill Waterson tinha imaginado Calvin desse jeito — cabelo na cara, boné, estranhamento sociável e disposto a fazer caminhadas num acampamento (clique na imagem para ampliar). Até que, como ele explicou mais tarde, um santo editor lhe deu a sugestão, “óbvia”, de mostrar os olhos de seu personagem principal. Os demais ajustes vieram depois.

E não é que editores, às vezes, ajudam?

3 Replies to “Calvin: origens”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.