Kirk Douglas no corredor

Retomando a série de clipes pessoais (ou nem tanto), quebro de novo a promessa de não lançar mão de filmes muito óbvios com esta cena manjada de Glória Feita de Sangue (1957), mas tudo bem. Meu álibi é a ótima exposição sobre a obra de Stanley Kubrick no no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo – quem ainda não foi ver, que vá, segue até janeiro. Tipicamente kubrickiana (tente lembrar quantos corredores o diretor enquadrou…), ela é o destaque na sala dedicada ao filme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.