O que os homens e as mulheres querem

A tese geral de David Eagleman em Incógnito — As Vidas Secretas do Cérebro (Rocco, 288 págs., R$ 34,50) é a de que a maior parte do que fazemos e sentimos não está sob nosso controle consciente. No que se trata da sexualidade, Eagleman diz — como todo bom evolucionista —  que no fundo somos meros passageiros de uma máquina programada ao longo de milhares de anos para perpetuar a espécie. Sobre os sinais inconscientes em jogo nessa nobre e infinita (enquanto dure) missão, o neurocientista faz um apanhado de estudos sobre os mecanismos de atração. Alguns:

  1. Homens consideram mais atraentes, saudáveis, bem-humoradas e inteligentes mulheres cuja proporção entre cintura e quadris fica entre o ideal de 0,67 e 0,8. Abaixo dessa faixa (cintura mais fina), são tidas como mais agressivas e ambiciosas; acima (cintura mais grossa), são consideradas gentis e fiéis.
  2. Sem perceber, homens tendem a achar mais bonitas mulheres de pupilas dilatadas, porque elas indicam interesse sexual.
  3. Mais visuais, homens quase sempre se deixam “enganar” quando veem uma mulher em um breve vislumbre: ela parecerá bonita, e não o contrário.
  4. Mulheres são consideradas, por homens e mulheres, mais bonitas no auge da fertilidade do seu ciclo menstrual — cerca de dez dias antes do fluxo. A pele fica mais clara e as orelhas, os dedos e os seios ficam mais simétricos.
  5. As mulheres preferem homens que pareçam másculos quando estão ovulando; quando não, preferem feições mais suaves, o que sugere comportamento mais social e amoroso.
  6. Homens e mulheres tendem a perder o interesse por um parceiro sexual depois de passado o tempo necessário de criar um filho — quatro anos, em média.

Mais evolucionismo e sexualidade aqui, aqui e aqui.

10 Replies to “O que os homens e as mulheres querem”

  1. Pois é. E você acredita que o filho está criado aos 4 anos de idade? Parece pouco, minha sobrinha tem doze e dá um trabalhão… Tenho medo que ela abandone a escola. Não será culpa da moda, nem da música, apenas dela mesma. Vai saber, eu já estou um tanto grisalha para entender essa pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.